Equipamentos de Segurança

Os equipamentos de Proteção Individual (EPI) devem estar preferencialmente localizados no laboratório, e sua manutenção deve ser permanente. Constituiem-se EPI de larga utilização no laboratório:
• CAIXA COM AREIA = poderá ser uma caixa ou lata pequena que contenha areia peneirada para uso nos casos de derramamento de líquidos, ou mesmos de incêndio.
• CAIXA DE PRIMEIROS SOCORROS = deverá conter materiais adequados ao trabalho de cada laboratório para dar o primeiro atendimento, principalmente nos casos de pequenos cortes ou queimaduras.
• CHUVEIRO DE EMERGÊNCIA = deverá possuir um diâmetro de 20 a 30 cm, ser acionado com válvula de abertura rápida (alavanca pendente tipo triângulo), ter a vazão garantida por 15 minutos (não esquecer de testar
semanalmente para evitar emperramento)
• EXTINTOR DE INCÊNDIO = deverá haver pelo menos um extintor de incêndio em cada laboratório sendo que é importante ressaltar que cada tipo de extintor de incêndio destina-se a um tipo específico de fogo, outrossim é
necessário que haja um treinamento constante no manuseio destes, podendo-se para tanto usar o período da recarga anual obrigatório exigida por lei.
• GUARDA-PÓ = usar de preferência guarda-pó branco, tipo 3/4, manga longa, em algodão; evitar o uso de tecidos sintéticos devido a inflamabilidade destes.
• LAVA-OLHOS = deverá possuir um esguicho duplo em sentido transversal, e acionado por alavanca lateral (não esquecer de testar semanalmente para evitar emperramento).
• LUVAS DE AMIANTO = deverão ser utilizadas exclusivamente nos trabalhos com mufas.
• LUVAS DE BORRACHA = deverão ser utilizadas nos trabalhos com substâncias tóxicas e/ou corrosivas, na limpeza de material e/ou do próprio laboratório (não esquecer de descartar as luvas furadas para evitar possíveis
acidentes).

• MÁSCARA CONTRA GASES = deverá ser utilizada nos casos em que haja trabalho com substâncias voláteis tóxicas e/ou corrosivas, sem que possa ser utilizada a capela, sendo que o filtro utilizado deve ser adequado para a(s)
substância(s) com a qual esteja trabalhando – controlar o prazo de validade dos filtros, e uma vez aberto o lacre do filtro, o mesmo deverá ser guardado em dessecador, ao abrigo do ar.
• ÓCULOS DE SEGURANÇA = confeccionado em material resistente ao impacto, com abas laterais protetoras, de preferência utilizar quando estiver trabalhando com vácuo ou com reações que podem produzir projeções de material.
• PIPETADOR DE BORRACHA = poderá ser utilizado o modelo simples (uma só via) ou modelo com três vias, devendo ser utilizado nos casos de líquidos corrosivos, tóxicos e/ou irritantes (substâncias puras e/ou soluções) – para conservar o pipetador evitar de aspirar o líquido até o
bulbo do mesmo, ou seja atender os limites da escala da pipeta.
• PROTETOR FACIAL = confeccionado em material resistente ao impacto, este equipamento substitui os óculos de segurança devendo estar convenientemente adaptado ao rosto da pessoa que irá utilizar.

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: